Breve em cartaz

Logo Indignados

  • Estreou em Março/2012
  • Espetáculo selecionado no Festival Teatro de SP/12
  • Prêmio: Melhor ator – Moacir Izidoro
  • Indicações: Melhor espetáculo, Figurino, Produção e Melhor ator Vini Morais.

Com o nascimento do cidadão de número 7 bilhões, cinco jovens indignados encontram-se para comprovar, discutir e enfrentar as incoerências dos dias atuais, onde as pessoas possuem o direito de dizer muita coisa, mas pouco falam.

Qual é o real significado de “indignar-se”? Gritar, berrar ou urrar? Nada disso. É mover-se.

O enredo acontece em torno dos atores, recém-chegados no mundo, que devem ocupar as suas vidas de alguma forma. Resolvem assim, preencher este vazio de vida, observando a humanidade e suas reações.

Através do orkut, facebook, telefone, e-mail, o vazio no relacionamento humano nos traz a reflexão sobre a mediocridade humana, pena de morte, direito de expressão e a necessidade de divagar.

O espetáculo possibilita a reflexão sobre a extensa comunicação existente no mundo, mas a pouca agilidade para nos indignarmos de fato com os fatos relevantes de nossas vidas, pessoas e sociedade.

“Indignados” é um espetáculo teatral livremente inspirado no espetáculo “Computa, computador, computa”, de Millôr Fernandes, interpretado por Fernanda Montenegro e Fernando Torres na época da ditadura. Uma critica à sociedade que já não possuía a força de mover-se contra as repressões da época.

Direção e adaptação: Alan Pires
Elenco: Alessandro Canton, Caio Barros, Ewinho Nunes, Moacir Izidoro e Vini Morais
Classificação: 14 anos
Gênero: Comédia