• Indicado pela Associação de Professores de São Paulo
  • Estreou em Dez/2011

“O melhor de mim” é um espetáculo teatral que retrata a atual situação do bullying na mídia, trazendo a reflexão sobre a formação do caráter de cada indivíduo.

O melhor de mim03

Dez anos depois, Júlia escreve um livro sobre a sua infância relatando toda a situação de bullying que sofreu na escola, junto com o seu primo e melhor amigo. A perseguição era constante, por serem simpáticos e inteligentes.

A escritora resolve fazer o lançamento deste livro num encontro dos amigos de escola que ela mesma organizou, para que tivesse a oportunidade de conversar sobre os fatos acontecidos. Quanto o bullying é prejudicial à formação psicológica de cada indivíduo? Isto ajuda a definir o nosso caráter?

A peça encena, de forma realista, as agressões verbais e físicas aos personagens principais.

O enredo acontece em torno de uma dupla de primos recém chegados na cidade que sofre todos os tipos de agressões. Após o espancamento um deles suicida-se, causando a culpa e comoção dos demais.

O principal motivo para esta montagem é a reflexão sobre o preconceito visual que temos perante aos outros.

Através do personagem Ronaldo, um jovem cego, podemos acentuar a posição que: não devemos enxergar as pessoas com os olhos julgadores e sim, com o coração.

Texto: Caio Barros
Direção: Alan Pires
Assis. Direção: Priscilla Ribeiro
Elenco:  Eber Rodrigues, Faby Veras, Pedro Duran, Thiago Gonçalves, Cissa Lourenço, Eveline Menezes, Thiago Félix, Karina Kiss, Roberta Freitas, Vinicius Oliveira, Karine Pangoni, Fabiana Nunes, Wellington Ribeiro e Ju Lopes.
Classificação: Livre
Gênero: Infanto juvenil